Palmeiras goleia o Novorizontino e coloca 'um pé' na semifinal

Palmeiras goleia o Novorizontino e coloca 'um pé' na semifinal

Os dois times voltam a se enfrentar às 21h45 de quarta-feira (21/03), no Allianz Parque. Caso o Novorizontino vença por três gols de diferença, a definição vai aos pênaltis - não há critério de gol qualificado.

O início da primeira etapa foi preocupante para os palmeirenses. Dudu bateu bem e abriu o placar. O atacante recebeu em velocidade pela esquerda, cortou seu marcador dentro da área e finalizou. Dali em diante, o primeiro tempo foi pouco movimentado.

No segundo tempo, o Novorizontino quase empatou aos 7 minutos em cabeçada de Safira que Jailson se esticou e conseguiu espalmar. O goleiro recebeu dois jogos de gancho pelo pênalti cometido sobre Renê Júnior e mais um por ter dito, após a partida, que "passaram a mão" no Palmeiras, referindo-se à arbitragem de Raphael Claus. Enquanto esperava o atendimento, fez sinal de substituição.

O volante Felipe Melo, por sua vez, foi absolvido. O desentendimento deixou o treinador de cara fechada.

ÁRBITRO - Flavio Rodrigues de Souza.

O gol do Palmeiras foi sucedido por uma situação inusitada no Estádio Jorge Ismael de Biasi: um chinelo foi atirado no gramado. Segundo o canal Premiere FC, o culpado se apresentou, desculpou-se e alegou que o chinelo teria voado de seu pé quando ele devolvia a bola ao campo. O Palmeiras assustou com William aos 8 minutos, que após ser lançado por Marcos Rocha bateu com muito perigo para o gol. Willian foi lançado por Keno na área, a bola passou pelo goleiro Oliveira, pela zaga e, com tranquilidade, o atacante se aproveitou da bobeira adversária e completou de canhota para ampliar o placar.

Por todo este cenário, Novorizontino x Palmeiras devem fazer as duas partidas de melhor futebol das quartas de final.

Aos 43 minutos, Keno deu números finais ao jogo. Na etapa complementar, o goleiro Jailson voltou a ter trabalho, mas o time alviverde marcou o segundo por meio de Willian e fechou o placar com Keno.

PALMEIRAS - Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Victor Luiz; Felipe Melo (Moisés), Bruno Henrique e Lucas Lima (Guerra); Willian, Borja (Keno) e Dudu.

PROVÁVEL NOVORIZONTINO: Oliveira; Tony, Anderson Salles, Éder, Thallyson, Adilson Goiano, Everton, Jean Carlo, Cléo Silva, Juninho e Allison Safira.