Havaianos receberam mensagem com aviso de míssil a caminho. Era falsa

Havaianos receberam mensagem com aviso de míssil a caminho. Era falsa

Através das redes sociais, responsáveis havaianos como a congressista Tulsi Gabbard também fizeram questão de desmentir o alerta. Mas logo depois, o Gabinete de Emergência do estado comunicou que não havia ameaça.

Pouco depois das 8h, como relata o Washington Post, começava a ser recebida uma mensagem de telemóvel com o seguinte aviso: "AMEAÇA DE MÍSSIL BALÍSTICO EM DIRECÇÃO AO HAVAI. CONFIRMEI COM FUNCIONÁRIOS", publicou a deputada por meio de sua conta no Twitter.

Segundo a imprensa local, houve princípio de pânico em lugares do estado no início da manhã, com relatos de moradores saindo rapidamente de casa. Até o momento, o presidente Donald Trump não se pronunciou sobre o fato.

Apesar da rápida resposta dos serviços locais pela internet, o mesmo serviço de alertas via SMS só comunicou 38 minutos depois da primeira mensagem que o caso se tratava de um falso alarme. "Nos escondemos imediatamente. Eu estava com meus filhos rezando". "A mensagem foi enviada por erro", disse. A base militar fica próxima à capital havaiana, Honolulu. O governador do estado, David Ige pediu desculpas pelo engano e disse que sua equipe vai trabalhar para aprimorar os mecanismos de alerta de segurança local. O Havai é o estado norte-americano geograficamente mais próximo do território norte-coreano. "Confirmei com autoridades que não há um míssil a caminho".

Em um momento de tensão entre Estados Unidos e Coreia do Norte, qualquer movimento mais brusco pode gerar pânico na população.