Temer "passa bem" após consulta de retorno, diz hospital

Temer

Temer passou por uma consulta de retorno dos procedimentos cardiológicos e urológicas aos quais foi submetido no fim de 2017.

O presidente veio à capital paulista no início da tarde, onde passou por consulta no hospital Sírio-Libanês entre, aproximadamente, às 15h30 e às 17h30. Na manhã desta quinta-feira, a ministra Grace Mendonça, da Advocacia-Geral da União (AGU), esteve no Planalto para uma reunião fechada com o presidente. Ele foi atendido pelo cardiologista Roberto Kalil e pelo o urologista Miguel Srougi. Ainda não há confirmação de quando ele voltará a Brasília, mas a previsão é que retorne só na sexta-feira.

Aos 77 anos, o mais velho presidente da história do Brasil, Temer sofreu três intervenções médicas nos últimos meses: para conter um sangramento na próstata, colocar um stent em artérias coronárias e desobstruir a uretra.

Em outubro, o presidente fez um primeiro procedimento para desobstrução da uretra. Há dúvidas, por exemplo, se ele participará do Fórum Mundial de Davos, marcado para o fim de janeiro, na Suíça.