Prazo para recadastramento biométrico em quatro municípios de MG está acabando

Prazo para recadastramento biométrico em quatro municípios de MG está acabando

Conforme o TRE, a medida foi tomada como forma de atender a alta demanda de eleitores da capital baiana que ainda não fizeram a biometria.

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) informou que o prazo para fazer o recadastramento biométrico, que termina no dia 31 de janeiro, não vai ser estendido e que a corte do órgão vai decidir o que fazer com eleitores que não comparecerem para realizar o procedimento e que, por consequência, tiverem o título cancelado por conta da ausência.

Desta forma, embora o atendimento aconteça até às 18 horas, serão atendidos apenas os eleitores que já pegaram sua senha. Apenas servidores ou terceirizados a serviço do Judiciário podem distribuir senhas. A revisão do eleitorado, com biometria, está acontecendo também em Várzea Grande e Sinop.

Nos postos, estão sendo distribuídas senhas, cuja quantidade é definida de acordo com a capacidade diária de atendimento.

Os comprovantes de endereço devem estar em nome do requerente, de seu cônjuge ou companheiro (a) ou de parente seu em linha reta consanguínea, até o 2º grau (pais, filhos, avós, netos), ou por afinidade, limitando-se, neste último caso, aos ascendentes do cônjuge ou companheiro (sogro e sogra). Das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira, sem intervalo para o almoço.

A unidade vai funcionar das 10h às 19h, de segunda a sexta-feira.

O eleitor deve ficar atento que a CNH e o Passaporte não são aceitos como documento de identificação para o alistamento, ou seja, para emissão do primeiro Título de Eleitor.

Já em Várzea Grande o cadastramento pode ser feito na Central de Atendimento ao Eleitor, situada na Avenida Castelo Branco, nº 47, no Centro da cidade, das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira, sem intervalo para o almoço, e na Central de Atendimento ao Eleitor situada na avenida Gonçalo Botelho de Campos, 2.367, Bairro Cristo Rei, nos mesmos dias e horário.

Levantamento na primeira semana do ano indicou que o menor índice de comparecimento à Justiça Federal foi em Contagem, onde ainda faltam 45% do eleitorado para fazer o recadastramento biométrico.