Macron alerta contra 'escalada das tensões — Coreia do Norte

Macron alerta contra 'escalada das tensões — Coreia do Norte

O Presidente francês, Emmanuel Macron, apelou hoje "à responsabilidade de todos e a evitar qualquer escalada das tensões", após vários dias de retórica agressiva entre Washington e Pyongyang.

O presidente francês manifestou ainda sua preocupação perante o agravamento da ameaça balística e nuclear procedente da Coreia do Norte, que, em seu julgamento, prejudica "a preservação da paz e da segurança internacional". O presidente afirmou ainda que "a comunidade internacional deve agir de maneira concertada, dura e eficaz", com o objetivo de levar Pyongyang "a retomar sem condições a via do diálogo".

Com os demais membros do Conselho de Segurança das Nações Unidas, a França salientou que pede à Coreia do Norte que "cumpra sem demora as suas obrigações internacionais e proceda o desmantelamento completo, verificável e irreversível dos seus programas nucleares e balísticos".

Macron e Trump conversam por telefone sobre crise com a Coreia do Norte
Macron alerta contra 'escalada das tensões — Coreia do Norte

Nessa nota, Macron expressou aos aliados e aos parceiros da França na região sua solidariedade diante da situação atual. - O ministro de Assuntos Exteriores do Reino Unido, Boris Johnson, acusou neste sábado o líder norte-coreano, Kim Jong-un, de provocar a escalada da tensão com os Estados Unidos e lhe exigiu que ponha fim às ações "agressivas".

"O regime da Coreia do Norte é o causador deste problema e é quem deve solucioná-lo", escreveu o chefe da diplomacia britânica.