Fogo alastra para Vila de Rei: seis aldeias já foram evacuadas

Fogo alastra para Vila de Rei: seis aldeias já foram evacuadas

No distrito de Vila Real, o incêndio cercou a aldeia de Parada do Pinhão, Sabrosa, onde pessoas mais idosas e doentes foram recolhidas na igreja para estarem protegidas do fumo que invadiu a aldeia, disse o presidente da autarquia.

"Não temos propriamente aldeias evacuadas, temos várias localidades que foram evacuadas parcialmente, naquelas onde as pessoas quiseram sair", declarou à Lusa Jacinto Lopes, acrescentando que esta retirada da população aconteceu em "seis a sete localidades".

"Há suspeitas de que haja actuação criminosa", vincou a autarca, considerando que o próprio combate ao fogo foi mais complicado face à necessidade de dispersão dos meios para combater focos de incêndio que iam surgindo "em vários pontos do concelho".

A Autoestrada 13 (A13) continua encerrada nos dois sentidos entre os quilómetros 147 e 156, entre Pias (Ferreira do Zêzere) e Alvaiázere, devido a um incêndio, informou hoje à Lusa a GNR.

A região do Médio Tejo continua fortemente fustigada pelas chamas, que por essa hora lavrava em Tomar (já com menos intensidade), Ferreira do Zêzere e até Alvaiázere.

O incêndio que deflagrou na sexta-feira, 11, às 19:40 em Alvaiázere, distrito de Leiria, teve uma das quatro frentes na direção de Ferreira do Zêzere, distrito de Santarém, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

Há uma frente de fogo a lavrar no concelho de Vila de Rei, que terá derivado do incêndio que está ativo desde sexta-feira e que começou em Ferreira do Zêzere.

Em curso, dominadas ou em vigilância existem 49 ocorrências, as quais estão a mobilizar 3.105 operacionais, revela o sítio da Proteção Civil às 10h.