Esta noite há chuva de estrelas

Esta noite há chuva de estrelas

Acontece todos os anos, mas é um espectáculo garantido se as condições meteorológicas ajudarem: este fim-de-semana, entre as 14h30 de sábado e as 2h30 de domingo, ocorre a actividade máxima da famosa chuva de meteoros das Perseidas.

"O nome desta chuva de meteoros resulta dos traços das suas estrelas cadentes nos parecerem sair dum ponto da constelação do Aquário (o radiante)", lê-se no site. A cada 133 anos, este cometa faz uma visita ao centro do nosso sistema solar e os fragmentos que ele deixa por onde passa, cairão na Terra em maior intensidade na madrugada de sábado.

A lei determina que a prestação dos serviços e das ações públicas de saúde feitas nos equipamentos públicos, conveniados ou terceirizados será universal e igualitária.

Esse tipo de fenômeno é recorrente na Terra.

Além das luzes da cidade atrapalharem quem deseja ver a chuva de meteoros, tem outra questão, que é o fato do fenômeno ser melhor observado no Hemisfério Norte, ou seja, uma péssima notícias para os brasileiros.

Os meteoros estão vindo de encontro com o nosso planeta e, com o atrito em nossa atmosfera provocando a desintegração em pequenas partículas, há um magnífico efeito luminoso que faz do céu um verdadeiro palco para esse grande espetáculo.

No Brasil, habitantes da região norte e nordeste terão melhores chances de observação.

A chuva de meteoros termina no próximo dia 24, mas estará em seu pico neste final de semana, então aproveite.