Bolt se lesiona, não completa 4x100m e encerra carreira

Bolt se lesiona, não completa 4x100m e encerra carreira

No Mundial, ele conseguiu saltar a marca de 2 metros e 29 centímetros, um a menos do que a melhor marca da carreira até então, e terminou a prova em Londres na 17ª posição. Após dominar as provas de velocidade por cerca de uma década, Usain Bolt fez a última prova de sua carreira e ela termina de forma frustrante. Mas aquilo que aparenta ter sido uma lesão muscular puxou o tapete ao campeão olímpico e, por arrasto, à Jamaica.

Mesmo com este final inesperado, Usain Bolt é o homem mais rápido da história, ele bateu três vezes o recorde mundial dos 100 metros rasos e é o recordista dos 200 metros, marcas conquistadas no Mundial de Atletismo de Berlim-2009 - o tempo dos 100 metros é o de 9s58 e dos 200 metros é o de 19s19. Só na estafeta, ia em Londres para quarto título consecutivo.

Bolt foi guardado para os últimos 100m e a Jamaica, como seria de esperar, chegou à recta final na discussão das medalhas, com a Grã-Bretanha e os EUA a pressionarem.

Na prova de hoje do revezamento 4x100, quem acabou ficando com o lugar mais alto do pódio foi a equipe da Grã-Bretanha, que surpreendeu ao superar a forte equipe dos Estados Unidos, segunda colocada na disputa.